DESTAQUE AGORALitoral

Em Balneário Pinhal, Seminário Estadual de Apicultura debate ameaças e oportunidades do setor

*Imagem meramente ilustrativa

Paralelo ao 5º Festimel – Feira do Mel e do Doce, que acontece no município de Balneário Pinhal, de 4 a 13 de outubro, será realizado o 23º Seminário Estadual de Apicultura e 16º de Meliponicultura – de 10 a 12 de outubro, na SAPP – Sociedade Amigos da Praia do Pinhal

No evento, serão debatidas as ameaças e oportunidades da apicultura. Além dos agrotóxicos, que é a ameaça global, também estarão em discussão as questões sanitárias, apicultura migratória, os serviços ambientais, de polinização, as novidades do setor e a diversificação da produção do mel, pólen, cera e própolis.

Na oportunidade também será realizada reunião da Câmara Setorial do Mel, que é vinculada à Secretaria da Agricultura e define a política apícola do estado. Um dos pleitos do setor é a instituição de uma Rota do Mel do Litoral, a exemplo das que já existem no Pampa Gaúcho e nos Campos de Cima da Serra.

Na ocasião, serão conhecidos os vencedores do 22º Concurso Estadual do Mel, evento que vai eleger o melhor mel do Rio Grande do Sul nas categorias mel claro e mel escuro. Também serão realizadas a 12ª Jornada Apícola do Litoral Norte e a 21º Expoapis – Exposição de Equipamentos Apícolas

Produção de Mel – O Rio Grande do Sul é líder nacional na produção de mel: 8.500 toneladas/ano, com um total de 37.000 apicultores em 484 mil propriedades. O litoral é uma das regiões produtoras. Só o município de Balneário Pinhal produz 30 toneladas/ano.

Realização: APIVERDE (Associação dos Apicultores da Agricultura Familiar do Túnel Verde), FARGS (Federação Apícola do RS), EMATER/RS
Apoio: Prefeitura de Balneário Pinhal, UFRGS, PUCRS
Chancela: CBA (Confederação Brasileira de Apicultura) e
Apimondia (Associação Internacional das Federações de Apicultores)

Siga e curta a JP News nas redes sociais:
Facebook
Facebook
Twitter
Visit Us
YouTube
YouTube
RSS
Seguir por Email