ENTREVISTASPesca

Barco encalhado em Cidreira intensifica polêmica com lei e gera ameaças ao presidente do Fórum de Pesca do Litoral Norte/RS

Foto: Jorge Vilela

O caso de um barco de Santa Catarina encalhado a cerca de 200 metros da plataforma de pesca de Cidreira desvelou rachas e desavenças no setor pesqueiro da região Sul do País, culminando em ameaças ao presidente do Fórum de Pesca do Litoral Norte do Rio Grande do Sul. Na quarta-feira durante à tarde, Leandro Miranda esteve no local em que a embarcação parou de navegar e apontou que se tratava de um navio com redes de arrasto, uma prática proibida no Estado. A lei nº 15.223/2018 veda “toda e qualquer rede de arrasto tracionada por embarcações motorizadas, em todo território, incluindo as 12 milhas náuticas da faixa marítima da zona costeira”. À noite, ele começou a receber mensagens com provocações e intimidações.

Leandro faz parte do grupo que ajudou a criar a lei, criticada por grupos políticos, profissionais da área e também pelo governo de Santa Catarina e esteve, na manhã desta sexta-feira (29), nos estúdios da Jovem Pan News – Litoral para falar sobre esse fato.

CONFIRA O ÁUDIO

 

 

 

Siga e curta a JP News nas redes sociais:
Facebook
Facebook
Twitter
Visit Us
YouTube
YouTube
RSS
Seguir por Email