Estado

Campanha do Agasalho 2021 é lançada no RS e destaca importância da doação de alimentos

Em transmissão ao vivo pelas redes sociais, foi lançada na manhã desta sexta-feira (30/4) a Campanha do Agasalho 2021. Do terraço do Palácio Piratini, o governador Eduardo Leite anunciou o início da ação, acompanhado do coordenador estadual da Defesa Civil, coronel Júlio César Rocha Lopes, e das secretárias Tânia Moreira (Comunicação) Regina Becker (Trabalho e Assistência Social). Anualmente, a campanha arrecada roupas, calçados e cobertores doados pela população para os gaúchos em situação de vulnerabilidade. Em 2020, foram cerca de 700 mil itens.

Neste ano, além dos agasalhos para o enfrentar as baixas temperaturas, a iniciativa estará focada na doação de alimentos não perecíveis e cestas básicas, já que muitas famílias enfrentam dificuldades causadas pela pandemia da Covid-19, como lembrou o governador Leite durante a transmissão. “Estamos em uma crise que tem impactos muito profundos na economia, na vida das pessoas e na renda delas. Então, além do agasalho para proteger do frio, estamos pedindo para as pessoas que façam doações de alimentos. É o momento para ajudar com tudo aquilo que falta”, destacou.

O governador enfatizou ainda que a campanha representa a força da solidariedade e da empatia. “Nestes dias tristes e amargos que estamos vivendo, temos a Campanha do Agasalho como uma oportunidade de outra vacina. Existe a vacina do coronavírus, essa para proteger toda a população, mas também a Campanha do Agasalho como a vacina contra o ódio, o rancor, os ataques e as agressões que infelizmente estão presentes neste momento de tensão. É a vacina do amor, da compaixão, deste sentimento bonito de se colocar no lugar do outro e ajudar, é isso que a Campanha do Agasalho simboliza acima de tudo”, afirmou Leite.

Com o tema “Ajude doando, a sua doação aquece um coração”, a campanha deste ano busca sensibilizar a população de uma forma direta, como explicou a secretária de Comunicação, Tânia Moreira. “É um conceito que vai direto ao ponto. Queremos que a campanha aqueça os corações de quem precisa. Não somente no frio, que já é uma situação grave, mas também na fome. Com todos ajudando vamos poder aliviar um pouco a dor de tantas pessoas”, disse.

A secretária Regina Becker também reforçou a importância das doações neste momento e fez um apelo para que os itens sejam entregues em boas condições. “A situação de vulnerabilidade de famílias e comunidades está muito mais aguda e por isso a participação de todos é ainda mais importante neste ano. Quero lembrar também que as roupas doadas devem chegar limpas e em bom estado, porque não é uma campanha de descarte, mas sim de solidariedade”, enfatizou.

Os mantimentos serão encaminhados para a Central de Doações da Defesa Civil, em Porto Alegre, e também para prefeituras no interior, onde é feita a coleta, a triagem e a distribuição. Assim como no ano passado, um drive-thru foi instalado na Central de Doações, no Centro Administrativo do Estado, na capital, permitindo que os itens sejam entregues sem a necessidade de sair do carro. O funcionamento é de segunda a sexta, das 9h às 15h. Mas neste sábado (1°/5), feriado do Dia do Trabalho, o local receberá doações. Além do ponto fixo, um drive-thru itinerante vai recolher mantimentos em diferentes locais ao longo da campanha.

O coronel Rocha observou que qualquer quantidade de alimento ou peças de roupas podem ser doados. “Não é preciso doar apenas cestas básica completas. Aquele que tiver um pacote de arroz, ou de qualquer alimento não perecível, já vai fazer a diferença. Não esquecendo também dos agasalhos, que são tão importantes em função do nosso inverno rigoroso. Esperamos alcançar novamente bons números neste ano porque sabemos que o povo gaúcho é solidário e ajuda o seu irmão que está passando por necessidade”, afirmou.

Os parceiros do governo do Estado na Campanha do Agasalho 2021 são Grupo Zaffari, Sesc, Santa Clara, Sulgás, Sindifisco-RS, Sindilojas Porto Alegre, Panvel, Instituto Unimed e 99. A 99 vai oferecer 50% de desconto em corridas solicitadas pelo aplicativo na categoria 99Entrega rumo à Central de Doações do Estado para quem for entregar roupas ou mantimentos.

 

 

Fonte: Secom RS

Edição: Gabriela Prestes

 

 

Siga e curta a JP News nas redes sociais:
Twitter
Visit Us
Follow Me
YouTube
YouTube
RSS
Seguir por Email