LitoralMostardas

Colheita da cebola mostra safra de boa qualidade

Os produtores de cebola do Rio Grande do Sul estão colhendo uma boa safra, segundo análise da Emater. O preço de comercialização do quilo do bulbo classe 3, o de melhor qualidade, fica entre R$ 1,00 e R$ 1,20. Em São José do Norte, Tavares, Mostardas e Rio Grande, a colheita está no início, com produtividade média de 35 toneladas por hectare.

A maior área plantada é a de São José do Norte, com 2 mil hectares, seguida pela de Rio Grande, com 600, de Tavares, com 525, e de Mostardas, com 90. No total, os quatro municípios, que respondem por 50% do volume de cebolas produzido no Estado, devem somar uma colheita próxima das 100 mil toneladas, segundo a agrônoma do Escritório Municipal da Emater em Tavares, Sarah Fiorelli.

“A cultura da cebola teve poucas instabilidades neste ano, com baixo registro de doenças e de interferência climática”, comenta Sarah. A agrônoma relata que houve algumas perdas em áreas isoladas, principalmente nas lavouras mais altas, atingidas por granizo no inverno.

Na região de Pelotas, destaca a Emater, as lavouras precoces são as que estão registrando melhor produtividade, com volumes de 25 e 30 toneladas por hectare. As cultivares de ciclo médio e tardio devem ter um desempenho inferior porque foram afetadas pela má distribuição das chuvas. Mesmo assim, o aspecto geral dos bulbos é considerado bom e indica capacidade para resistir a um período longo de armazenamento.

 

 

Fonte: Emater

 

Siga e curta a JP News nas redes sociais:
Twitter
Visit Us
Follow Me
YouTube
YouTube
RSS
Seguir por Email