Geral

IFRS conquista faixa 4 no Índice Geral de Cursos

Imagem ilustrativa

O Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS) manteve o Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição (IGC) na faixa 4, em uma escala que varia de 1 a 5, em ordem crescente de avaliação. O indicador de qualidade da educação superior foi divulgado pelo Ministério da Educação (MEC) e pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) no dia 23 de abril. O IFRS teve 34 cursos avaliados no triênio considerado para o IGC 2019 (de 2017 a 2019). É importante destacar que o índice divulgado é relativo ao ano de 2019, visto que no ano de 2020 não foi possível realizar o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) devido à pandemia de Covid-19.

Os três IFs situados no Rio Grande do Sul e os dois localizados em Santa Catarina figuram na lista dos dez melhores resultados, considerando os 38 Institutos Federais brasileiros e os dois Centros Federais de Educação Tecnológica (Cefets). O IFRS está em sexto na lista das 40 instituições e em quarto se considerados somente os 38 IFs.

Ao todo, os resultados foram calculados para 2.070 instituições (públicas e privadas), considerando 24.963 cursos avaliados entre 2017 e 2019 e os dados de 4.679 programas de mestrado e doutorado oferecidos pelas instituições no ano retrasado.

Indicador – Como indicador de qualidade, o IGC integra o conjunto de procedimentos e instrumentos diversificados que avalia as instituições de ensino, de acordo com o que prevê a Lei do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes). O índice tem relação direta com o ciclo avaliativo do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), que mensura, entre outros aspectos, o rendimento dos concluintes dos cursos de graduação, o corpo docente por meio de sua titulação e regime de trabalho e o questionário do estudante, assim como a avaliação dos cursos de mestrado e doutorado stricto sensu.

Reflexos – O indicador serve como referencial nos processos de supervisão e regulação da educação superior, além de orientar a autoavaliação das instituições de ensino superior.

Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica melhores avaliadas no IGC (contínuo) 2019:

1ª) CEFET/RJ – 3,512

2ª) CEFET/MG – 3,508

3ª) IFSC – 3,346

4ª) IF SUL DE MINAS – 3,291

5ª) IFSul – 3,273

6ª) IFRS – 3,266

7ª) IF Goiano – 3,225

8ª) IFFarroupilha – 3,132

9ª) IF Catarinense – 3,126

10ª) IFRJ – 3,114

 

 

Fonte: Ascom IFRS

Edição: Gabriela Prestes

 

 

Siga e curta a JP News nas redes sociais:
Twitter
Visit Us
Follow Me
YouTube
YouTube
RSS
Seguir por Email