ÁUDIOENTREVISTASNotícias

IFRS Osório realiza projeto de arborização do campus

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do RS (IFRS) – Campus Osório deve ficar ainda mais bonito nos próximos anos. Um mutirão reuniu professores e técnico-administrativos do campus e colaboradores externos para realizar o plantio de 88 mudas de plantas de 16 espécies. A ação foi realizada no mês passado, no dia 13 de agosto e é a fase 1 do projeto ‘Arborização do IFRS – Campus Osório’, desenvolvido pelo Núcleo de Agroecologia, Segurança Alimentar e Educação Ambiental que está sendo implantado no campus sob coordenação da professora de biologia Lisiane Zanella.

Nesta manhã de sábado (11/09), em entrevista à rádio Jovem Pan News de Imbé, a professora deu mais detalhes sobre o início de implantação do projeto. “A ideia surgiu a partir do TCC de uma aluna em 2018, a Carine Borba dos Santos, atualmente ela cursa Mestrado na Ufrgs e, agora, conseguimos por em prática. São árvores que daqui a quatro ou cinco anos já teremos uma percepção do seu crescimento”, disse Zanella.

Segundo a professora, são inúmeros os benefícios da arborização para uma cidade. “Ela etm inúmeras vantagens e realiza importantes funções no meio ambiente: auxiliam na diminuição da temperatura, ajudam a refrescar o ambiente porque fornecem sombra, melhoram a qualidade do ar, filtram poluentes, ajudam a preservar a fauna, fornecem bem-estar psicológico para a população humana. As árvores ainda auxiliam na proteção contra o vento que é forte aqui no litoral e reduzem o impacto da chuva”, explica a professora.

Um total de 67 mudas, substrato e hidrogel foram doados pelo Horto Florestal via Secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Pecuária de Osório. Servidores levaram mais 21 mudas. Todas foram plantadas nos entornos dos blocos A (Administrativo), D (Almoxarifado) e E (Convivência).

Participaram da ação os servidores Adriana Silvester Quadros, Agnes Schmeling, Bianca Pugen, Camila Vessozi da Silva, Flávia Twardowski, Gabriel de Castro Tereza, Gabriela Morél, Ingrid Gonçalves Caseira, Isabel Cristina Tedesco Selistre, Lisiane Zanella, Maria Cristina Schefer e Uady Rocha Sessim.

Contou também com a colaboração externa de Claudionir Fernandes da Rosa Ávila (técnico da Emater), José Leonardo da Costa e Vanderlei Gomes do Santos (servidores do Horto Florestal de Osório) e da bióloga Carine Borba dos Santos (pós-graduada no curso de Especialização em Educação Básica e Profissional, que produziu seu TCC com foco no projeto de arborização do campus, orientado pela professora Lisiane Zanella).

Foram plantadas 20 de trepadeira Amor-agarradinho, 6 de acerola e 62 de espécies nativas, sendo: 6 Goiaba-serrana, 3 Chal-Chal, 3 Guabiroba, 4 Grumixama, 6 Cerejeira-do-mato, 6 Uvaia, 7 Pitangueira, 3 Ingá-feijão, 4 Guabiju, 8 Aroeira-salsa, 9 Ipê-amarelo, rosa e roxo (3 de cada) e 3 Bacupari.

A professora Lisiane Zanella já está planejando a fase 2 do projeto, prevista para ocorrer ainda no mês de setembro, e focada na jardinagem do campus: “Pretendemos plantar flores e plantas ornamentais nos canteiros entre os blocos e próximo da portaria com o objetivo de trazer mais cor e beleza natural. O Horto Florestal já disponibilizou substrato para o plantio e as mudas serão trazidas de casa pela nossa professora Agnes”. Abaixo, o áudio da entrevista concedida à jornalista Gabriela Prestes.

Fonte: Ascom Ifrs Campus Osório – jornalista Gabriela Morel

Siga e curta a JP News nas redes sociais:
Twitter
Visit Us
Follow Me
YouTube
YouTube
RSS
Seguir por Email