DESTAQUE AGORAEleiçõesNotícias

Justiça Eleitoral determina suspenção de atos de campanha em Tramandaí

A Justiça Eleitoral atendeu neste sábado (24), as representações – em caráter de urgência – do Ministério Público Eleitoral, contra três coligações de partidos políticos que disputam a prefeitura de Tramandaí e determinou a suspenção de qualquer ato de campanha eleitoral que possam gerar aglomerações de pessoas.

A determinação de suspender os atos de campanha eleitoral na rua atingiu as coligações Cuida da Gente, Mais Futuro Novas Conquistas, e Juntos Por Tramandaí, encabeçados pelos candidatos a prefeito e a vice-prefeito respectivamente: Custódia Bergues da Silva e Gerson Luiz Bitelo; Luiz Carlos Gauto da Silva e Flavio Corso Junior, Edegar Rapaki e Ricardo Billo da Silva. A decisão é do juiz Eleitoral da 110ª Zona, Gilberto Pinto Fontoura. O Juiz relatou na decisão que em Tramandaí, tem se observado, conforme a representação, a ideia da tradicional campanha, da população na rua, e sem os alertas de necessidade, de obrigação, de se manter distanciamento, de utilização de meios de proteção, como de máscaras. Os partidos e candidatos se desrespeitarem a determinação estão sujeitos a multas. A Promotoria de Justiça de Tramandaí é responsável também pelos municípios de Imbé, Balneário Pinhal e Cidreira.

As informações são do site Litoral na Rede.

Siga e curta a JP News nas redes sociais:
Twitter
Visit Us
Follow Me
YouTube
YouTube
RSS
Seguir por Email