Estado

Paulinho Salerno é empossado presidente da Famurs

O prefeito de Restinga Sêca, Paulinho Salerno, foi empossado nesta terça-feira (21/06) como presidente da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs). Recebendo o cargo do prefeito de São Borja, Eduardo Bonotto, Salerno estará frente à entidade durante a gestão 2022/2023, dando continuidade ao acordo firmado entre os partidos políticos.

Em seu primeiro discurso como presidente da Famurs, Paulinho Salerno reforçou que a inovação é um dos temas centrais de sua atuação e, acima de tudo, da gestão pública que acredita. Ele, que presidiu no último ano a Câmara Temática de Inovação da Famurs, lembrou que inovação é ferramente de estratégia, de política, de investimento e é um instrumento aliado da boa governança. Segundo o presidente empossado, o tema estará também na bússola de sua atuação na Casa Municipalista gaúcha.

O prefeito de Restinga Sêca declarou que, assim como o trabalho realizado pela gestão anterior, a Famurs, através da Escola de Gestão Pública, irá promover as melhores ferramentas de governança na gestão municipal, conferindo às prefeituras processos eficientes e transparentes. De acordo com Salerno, seu objetivo é dar continuidade ao trabalho de muito diálogo com os prefeitos e prefeitas gaúchos, tal como fez Eduardo Bonotto, com quem estabeleceu uma parceria e amizade. “As bandeiras partidárias e as diferenças ideológicas ficam para as disputas eleitorais. Na Famurs, seguiremos na busca incessante por diálogos e consensos”, afirmou.

Despedida de Eduardo Bonotto

Em seu último discurso, Eduardo Bonotto iniciou sua fala exaltando a importância do encontro para fortalecimento do municipalismo gaúcho. Para Bonotto, este é um momento que demonstra que os gestores estão no caminho certo, trabalhando unidos e de forma respeitosa.

Bonotto aproveitou a ocasião para agradecer a oportunidade de liderar a Famurs, atuando ao lado de todos os gestores e construindo em conjunto importantes pautas, mesmo diante dos desafios da retomada após uma pandemia global. Afirmou que vai voltar de cabeça erguida para São Borja, pois sabe que buscou fazer o melhor para auxiliar cada município. “Volto com um amadurecimento político e pessoal gigantesco para continuar contribuindo com a população do meu município, mas também sempre à disposição dos 497 municípios do RS e de todos os Poderes constituídos”, avaliou.

Bonotto finalizou seu discurso afirmando estar feliz em passar o cargo para uma pessoa com perspicácia e capacidade para fazer um trabalho talvez muito maior do que o realizado em sua gestão.

Manifestações

A Solenidade de Posse contou com importantes nomes e representações de peso para a pauta municipalista gaúcha. O primeiro a realizar sua saudação foi o presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, que registrou a importância da Famurs na defesa das pautas federais e desejou uma boa gestão e continuação da parceria entre as entidades.

O presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS), conselheiro Alexandre Postal afirmou que o presidente Bonotto cumpriu sua missão e que Salerno terá um desafio pela frente para igualar sua gestão. Postal enfatizou que o TCE é parceiro, mas irá fiscalizar sempre que necessário e orientou os municípios para buscarem o órgão sempre quando houver dúvidas. Também se colocou à disposição para dar continuidade na parceria com a Famurs.

Presente na solenidade, o defensor público-geral do Estado, Antônio Flávio de Oliveira, declarou que a partir de hoje o RS e a Famurs ficarão engrandecidos com o trabalho que será desenvolvido por Paulinho Salerno, assim como faz com Restinga Sêca. Declarou que a Defensoria Pública que estreitar, cada vez mais, os laços com a entidade, para alargar ações, projetos e programas, oferecendo a melhor entrega, serviço qualificado e eficiente, e mudando a vida das pessoas.

Também se colocando à disposição da nova presidência, o promotor de Justiça Sandro Marones enfatizou a forma republicana e democrática com que os gestores estão fazendo política, especialmente em momentos que se criam discursos contra a democracia e contra a política. Orientou Paulinho a carregar sempre os princípios da administração pública, visando a moralidade, a legalidade, a eficiência e a finalidade pública.

A juíza-diretora do Foro da Comarca de Restinga Sêca, Juliana Tronco Cardoso, manifestou que os desafios são imensos, mas o encontro é simbolo de comprometimento dos gestores municipais com a busca responsável pela realização do interesse público. Depositou confiança na expectativa de uma excelente gestão e desejou a Salerno força, coragem e sucesso frente à Famurs.

Presidente da Assembleia Legislativa, o deputado Valdeci Oliveira, lembrou aos presentes que já foi prefeito e sabe o quanto é importante uma gestão com oportunidades de recursos. Enfatizou serem os prefeitos que recebem cada vez mais uma carga maior de responsabilidades e menor de recursos. O deputado afirmou ser defensor do municipalismo e, em nome do parlamento gaúcho, deseja exito e sucesso à Salerno e equipe.

Representando a Câmara dos Deputados, o deputado federal Márcio Biolchi afirmou que só será possível mudar o país quando houver condições para que os prefeitos, que tratam da realidade das pessoas, tenham condições de fazer algo por elas. Declarou que está ao lado de Salerno para dar condições e ser possível atingir os objetivos em comum dos municípios gaúchos. Ainda, Biolchi afirmou que, se existe uma raiz do municipalismo brasileiro, ela está nas mãos e na história da Famurs, ao qual Salerno fará parte.

A solenidade de posse foi encerrada com as explanações do governador do Estado, Ranolfo Vieira Júnior. Na oportunidade, o governador destacou a importância do diálogo e parceria com a Famurs e com os prefeitos gaúchos; fez uma breve prestação de contas, detalhando aspectos do Regime de Recuperação Fiscal e ressaltou o aporte de R$ 6,5 bilhões em investimentos com o Programa Avançar. Segundo Ranolfo, hoje o RS tem 99% de conveniamento com os municípios através do Avançar.

Conselho Administrativo

Na oportunidade também foram empossados os vice-presidentes que irão compor o Conselho de Administração Gestão 2022/2023. A nova presidência da Famurs fica composta da seguinte forma:

Presidente

Paulo Ricardo Salerno (MDB) / Restinga Sêca

Vice-presidentes

João Rudinei Sehnem (MDB) / Boa Vista do Buricá – Amufron

Marcelo Soares Reinaldo (PDT) / Guaíba – Granpal

Sergio Antonio Lasch (PTB) / Lagoa dos Três Cantos – Amaja

Mário Augusto de Freire Gonçalves (PP) / Dom Pedrito – Assudoeste

Carlos Alberto Bohn (PSDB) / Mato Leitão – Amvarp

Evandro Massing (PT) / Palmeira das Missões – Amzop

Gilson Adriano Becker (PSB) / Vera Cruz – Amvarp

 

 

Fonte: Ascom Famurs

Edição: Gabriela Prestes

 

 

Siga e curta a JP News nas redes sociais:
Twitter
Visit Us
Follow Me
YouTube
YouTube
RSS
Seguir por Email