CidreiraDESTAQUE AGORANotícias

Prefeito e secretários esclarecem compra de testes de Covid 19 pela Prefeitura de Cidreira

Cidreira testes

Nesta quarta-feira,9, o prefeito de Cidreira, Alex Contini e os secretários da Administração, João Pedro Roso e da Fazenda, João Eugenio Bertuzi esclareceram a situação referente a investigação do Ministério Público envolvendo a compra de testes rápidos da COVID-19. Os exames foram adquiridos pela Prefeitura de Cidreira, a compra aconteceu em fevereiro e foi feita de forma emergencial, isto é, sem licitação.

A  denúncia foi encaminhada pelo Conselho Regional de Farmácia onde a empresa vendedora dos produtos à Prefeitura de Cidreira estaria comercializando sem autorização  e em seu CNPJ  a principal atividade econômica é a venda de matérias de vestuário e limpeza. A Anvisa informou que a MJ Comércio e Representações Ltda não tem autorização para vender testes rápidos de Covid 19.

Conforme o prefeito a compra se deu no pior momento da pandemia e na eminência da volta as aulas. “ Havia uma real necessidade de se testar os professores e funcionários.” Disse o prefeito.

O secretário da Saúde informou que a empresa apresentou toda a documentação pertinente. “ Consultamos o histórico da empresa e verificamos que a mesma havia vendido testes para dezenas de prefeituras e até para clubes de futebol.” Falou o secretário

Ainda segundo o secretário, naquele momento o município aguardava envio de testes da 18ª Coordenadoria Regional de Saúde e que havia uma real necessidade de se adquirir testes rápidos pois parte dos funcionários já estavam contaminados e havia a possibilidade de afastamento de um grande número de servidores e os testes foram fundamentais para o andamento do atendimento da população.

Em relação ao preço, o prefeito disse que alguns municípios pagaram mais que Cidreira e que naquele momento era um preço dentro do mercado. “Fizemos pesquisa com outras empresas e verificamos que o preço estava de acordo. Naquele momento obtivemos orçamento até mesmo com preço maior em outras empresas. Algumas prefeituras pagaram R$ 54,00 a unidade” Salientou o prefeito.

Os testes custaram R$ 47,90 a unidade totalizando R$ 71.850,00.

 

JPN

Siga e curta a JP News nas redes sociais:
Twitter
Visit Us
Follow Me
YouTube
YouTube
RSS
Seguir por Email