ImbéPolicial

Presa mulher envolvida na morte de engenheiro civil de Imbé

A última integrante da quadrilha envolvida na trama que resultou no assassinato do engenheiro Alexandre de Oliveira Brito, 58 anos, em novembro de 2019 em Imbé, foi presa em Porto Alegre nesta semana. A mulher de 30 anos foi detida no Belém Velho, na Zona Sul.

A suspeita estava foragida e possuía mandado de prisão preventiva por ter participado do transporte e venda da caminhonete Mitsubishi Outlander da vítima, que residia em Imbé. Em janeiro de 2020, quatro suspeitos foram identificados por envolvimento no crime. Na ocasião, três criminosos foram presos e o quarto, apontado como líder, já estava recolhido na Penitenciária Modulada Estadual de Osório.
Todos possuem antecedentes criminais por roubo e tráfico de drogas.

Eles formavam uma quadrilha para praticar assaltos e extorsões. Entre os crimes que o grupo foi indiciado estão homicídio duplamente qualificado, associação criminosa e ocultação de cadáver.
A ordem para matar o engenheiro, natural de São Leopoldo, veio do líder que está no sistema prisional.

Segundo as investigações dos policiais civis na época, a vítima foi queimada ainda viva e o corpo foi encontrado às margens da Interpraias, em Cidreira. Já a caminhonete Mitsubishi Outlander seria encontrada e apreendida no estacionamento de um restaurante na BR 101, na cidade de Araranguá, em Santa Catarina.

 

 

Fonte: PC

Edição: Gabriela Prestes

 

 

Siga e curta a JP News nas redes sociais:
Twitter
Visit Us
Follow Me
YouTube
YouTube
RSS
Seguir por Email