Estado

Rodovias federais do RS têm alta de 57% no número de acidentes com mortes no 1º semestre

Dados divulgados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) mostram que aumentou em 57% o número de acidentes com mortes em rodovias federais do Rio Grande do Sul na comparação entre o primeiro semestre de 2020 com o mesmo período em 2021. Entre janeiro e junho do ano passado, foram 91 ocorrências com vítimas. Já neste ano, foram 143 acidentes fatais.

O chefe de Comunicação da PRF no estado, Felipe Barth, acredita que o aumento de circulação de veículos neste ano, após as restrições da pandemia de Covid-19 em 2020, tenha motivado a maior fatalidade dos acidentes.

“Nós tivemos, em 2020, uma grande redução do movimento nas rodovias devido à pandemia. Consequentemente, houve uma grande redução de acidentes e de mortes. Agora, em 2021, o movimento voltou, praticamente, à normalidade”, avalia.

O número de acidentes, ao todo, também aumento no período. Foram 1.942 no primeiro semestre de 2020 e 2.169 neste ano. Entre os acidentes graves, foram 401 no ano passado e 492 na primeira metade de 2021.

Na BR-101, por exemplo, a ocorrência de acidentes com mortes subiu 200%, já os acidentes graves tiveram alta de 92% no período. O policial rodoviário federal Felipe Barth comenta que o principal fator para a ocorrência de acidentes é a postura do motorista.

“Mais de 90% das causas envolvem comportamento do condutor. Os acidentes são eventos complexos, normalmente têm mais de uma causa, uma causa colabora um pouco mais que a outra. Mas, grande parte, comportamento do condutor”, observa. Na comparação com 2019, ou seja, antes da pandemia, o número de acidentes registrados em 2021 é semelhante.

Fonte: Ascom PRF

Edição: Gabriela Prestes

Siga e curta a JP News nas redes sociais:
Twitter
Visit Us
Follow Me
YouTube
YouTube
RSS
Seguir por Email