Estado

Taxa de ocupação de leitos de UTI reduz pelo 2º dia consecutivo no RS

O estado do Rio Grande do Sul segue reduzindo, pelo segundo dia consecutivo, a quantidade de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ocupados. Nesta última sexta-feira (02/04), a taxa de ocupação tinha atingido a marca de 97,8%, o que significa que 3.317 dos 3.387 possuíam pacientes. Desde quarta-feira, esta taxa vem ficando abaixo de 100%.

Por outro lado, o número de novos casos de Covid-19 foi de 7.835 ante os 5.069 infectados identificados na quinta-feira. O RS já soma 858.000 casos e 20.234 mortes, com 171 óbitos confirmados ontem, em 71 municípios.

Segregando a ocupação de leitos de UTI entre as instituições públicas e privadas, a ocupação é de 91,6% e de 114,2%, respectivamente. Em relação aos leitos clínicos dedicados aos doentes da Covid-19, era 3.569 pacientes internados, mas também houve uma redução. Na quinta-feira haviam 3.730 hospitalizados em todo estado.

Em Porto Alegre, no entanto, hospitais dos dois segmentos seguem com os leitos críticos bastante ocupados. A taxa de ocupação de UTIs na Capital era de 106,57%. São 1.071 pacientes internados – 763 deles por Covid-19 – e 1.009 leitos operacionais. Também havia uma fila de espera de 144 pacientes, que estão internados nas Emergências das instituições.

Os quadros mais críticos estão no Hospital Fêmina e Moinhos de Vento, com 150% de ocupação, Conceição, com 144%, Ernesto Dornelles, com 132,50%, São Lucas da PUCRS (125,42%) e Cristo Redentor com 112,82%. Outros quatro hospitais ainda estavam com as UTIs 100% lotadas.

 

 

Fonte: CP

Edição: Gabriela Prestes

 

 

Siga e curta a JP News nas redes sociais:
Twitter
Visit Us
Follow Me
YouTube
YouTube
RSS
Seguir por Email